O Caos

Num caótico dia você acorda para ir ao trabalho e pensa: “Será que até o final dessa semana eu ainda estarei empregada?”

O ano era 2014, já nos seus ultimos dias. A empresa onde eu trabalho – IBM – passava por uma grande reestruturação, e como é de se esperar, houveram muitas demissões. E isso é claro me pôs a pensar: Quem é a Profissional Tabata?

Eu sou graduada pela Fatec-AM como Tecnóloga em Processamento de Dados (putz acabei de entregar minha idade), pela mesma instituição adquiri minha Pós-graduação em Gestão Avançada de Negócios com foco em TI, sou certificada ITIL, COBIT, ISO 2000. E então veio a pergunta: E daí ?

Bateu aquele desespero e me senti sem uma identidade profissional. Se eu fosse demitida naquele dia, o que eu colocaria no meu curriculo que fosse realmente expressivo ? O que eu tinha para oferecer que uma empresa pudesse entender que eu era uma profissional de valor e que eles me queria como parte do seu time ?

Não estou dizendo que eu era/sou uma profissional descartável, até porque sou muito dedicada ao que eu faço e busco sempre reciclar meus conhecimentos e agregar novos. Por exemplo, fiz cursos de BPM, Geerenciamento de Projetos (sou certificado PSM I), Green Belt, etc.

Mas, ainda assim, não via em mim uma identidade profissional. Tenho skills em governança de TI, gerenciamento de projetos, gerenciamento de processos, etc. Mas quem eu realmente sou nesse grande oceano? O que eu poderia esperar do meu futuro profissional? Será que só isso já bastava?

A resposta óbvia é NÃO !

Eu tinha um presente, mas não um futuro. Ou melhor dizendo, não tinha um futuro promissor.

E agora José ? Eu tenho uma porção de coisas para conquistar e eu não posso ficar aí parado.

Então me dei conta que o primeiro passo era saber o que eu realmente gostava de fazer. O que me faria acordar pela manhã e pensar: “Wohooo mais um dia, e que venham os desafios”?. Para onde as tendências de mercado estavam apontando? O que me inspira ?

Foram muitas noites sem dormir para conseguir responder a essas perguntas, conversei com muitas pessoas, vi artigos, blogs, etc. E após uma longa anamnése fui construindo meu perfil. Várias foram as possíbilidades: Analista de Processo de Negócios, Gerente de Projetos, Analista de BI. Mas, eu sentia  que tinha algo faltando em cada uma dessas opções, era como se na verdade somente parte das características delas correspondesse ao que eu queria.

Eureka !

Então, num belo dia, uma amiga que estava acompanhando minha jornada de auto-descoberta me mandou um link de um artigo falando sobre um tal de “Cientista de Dados”

Segue o link do artigo abaixo, mas imagino que muitos já o leram:

Data Scientist: The Sexiest Job of the 21st Century

E foi amor a primeira vista ! Porém, descobri que meu amor poderia ser algo platônico.

Comecei uma busca frenética por cursos, faculdades, alguma coisa que pudesse me direcionar. Nada!

Encontrava sim, um curso ali … outro aqui … Mas nada completo. E bateu aquele desanimo. Pensei Cientista de Dados não passa de um unicórnio prateado com chifre rosa.

Iria vai levar anos para eu conseguir a bagagem necessária para ser uma Cientista de Dados.

Em 2015 fiz o curso de Python do Coursera, mas confesso que não atendeu as minhas expectativas. Mas, até então o Coursera era o único lugar que tinha uma concetração de cursos que eu poderia ir fazendo gradadivamente para alcançar meu objetivo. E com o preço do dólar … não era muito animador.

No fim das contas 2015 não rendeu muita coisa, li muitos artigos, livros, uma coisinha aqui e outra ali.

A Sala Escura

O tempo não para … e chegou 2016.

Era como se eu estivesse uma sala enorme com todas as luzes apagadas e uma lanterna na mão. Diante de mim uma mesa muito grande cheia de peças de quebra-cabeça para ser montado (o quebra-cabeça é meu sonho de ser Cientista de Dados). Sozinha, nessa sala escura e com apenas uma lanterna, eu tinha que me virar para encontrar as peças e ir montando o quebra-cabeça, sem saber ao certo o tamanho da mesa, quantas peças, qual a sequencia delas, já que como estava tudo escuro não tinha como saber exatamente…

E, em mais um desses dias, estava eu caçando coisas na internet e achei um blog que me chamou muita atenção: Ciência e Dados.

Entrei no blog e uallll !!! Um verdadeiro manancial de artigos sobre tudo que eu Cientista de Dados quer saber (no meu caso futura Cientista de Dados).

Enquanto eu lia um dos artigos do blog me deparei com um link que direciona para a Formação Cientista de Dados … deu até aquele friozinho na barriga … e eu cliquei

E advinha, encontrei o pote de ouro no final do arco-íris. Um Portal EAD, totalmente em português, oferecendo meu futuro!

Quer saber mais sobre a Formação Cientista de dados? Clique aqui e aprecie sem moderação !

E fez-se a Luz

O Portal também oferece cursos free, então pensei: “Bora experimentar”. Resultado?

Todas as luzes da sala escura se acenderam e num primeiro impacto foi aquele deslumbre, pois eu já posso ver a sala, a mesa e todas aquelas peças do quebra-cabeça na minha frente. Algo que antes era nebuloso e incerto agora está as claras na minha frente, eu posso ver nitidamente a sequencia das peças a serem montadas, é tudo uma grande descoberta, fabuloso.

Então, logo em seguida veio o segundo impacto, “Nossa, essa sala e essa mesa são realmente enormes e tem muitas peças para montar”, ai bateu aquele medo de não dar conta, aquele sentimento de “Será que eu sou capaz?”

Por fim, o terceiro impacto foi quando me dei conta que não está mais sozinha nessa caminhada, a Equipe DSA é simplesmente incrível, profissional de altíssima qualidade, o profissionalismo do suporte é surpreendente. É como se tivesse um enorme vidro nessa sala e a Equipe DSA está o tempo todo acenando para nós e nos mostrando o próximo passo, onde está a próxima peça, como nos livrar dos percalços (issues de sistemas operacionais, por exemplo), nos estimulando a seguir sempre em frente.

Nessa minha caminhada com a DSA o que eu posso dizer é que sou uma fã incondicional. Se hoje meu sonho de ser Cientista de Dados está próximo de ser real é graças a eles.

Enfim, essa foi a minha jornada para chegar até aqui.

Nos próximos posts apresentarei dicas de estudos e demais conteúdos pertinentes.

E a saga continua …

Quer saber um pouco mais sobre Cientista de Dados ?

Cientista de Dados – Parte 1

Cientista de Dados – Parte 2

Cientista de Dados: um caminho a percorrer

 

13 comentários sobre “Eu quero ser Cientista de Dados

  1. De coração, muito obrigada por esse post!
    Acho que eu estou na fase antes de entrar na sala escura ainda rs., faz muito tempo que procuro um curso que trabalhasse exatamente nessa área de ciência de dados, e ver o relato de alguém que já o fez me deixa um pouco mais confiante em investir nesse conhecimento. Espero acompanhar mais posts seus!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Você sabe o que Albert Einstein, Elon Musk, Mark Zuckerberg, Bill Gates, Stephen Hawking, e muitos outros tem em comum ?
      Todos, no início, foram considerados loucos e neuróticos, hoje eles estão no Topo e o nome deles está eternizado na História.
      Muito obrigada pelo seu comentário, agora eu tenho ainda mais certeza de que estou no caminho certo.
      Ah, com exceção de Einstein, os loucos e neuróticos citados acima, continuam aprendendo coisas novas e trabalhando, porque sabem que a fama e o sucesso são traiçoeiros, já o suor, o trabalho e a determinação esses sim são os ingredientes da fórmula do sucesso.

      Leia o post abaixo para ver o que pessoas determinadas a realizar seus sonhos costumam fazer:

      http://datascienceacademy.com.br/blog/dicas-de-produtividade-de-elon-musk-bill-gates-e-mark-zuckerberg/

      Curtido por 1 pessoa

  2. Tabata, seu post é maravilhoso e representa bem o sentimento de muitas pessoas em busca de uma nova carreira, não apenas de Cientista de Dados. São muitas incertezas e muitos possíveis caminhos, caminhos aliás que contém muitos obstáculos, com muito mais gente atrapalhando do que ajudando. E quando se fala na profissão de Cientista de Dados existe uma polarização muito grande entre aqueles que fazem as coisas acontecer e aqueles que dizem ser impossível, apenas porque não tem capacidade e acham que ninguém terá (procure sempre ficar no primeiro grupo, onde a concorrência é muito menor). Aproveite bem sua jornada e use cada momento para aprender tanto quanto possível. O resultado será recompensador. Quando comecei o blog Ciência e Dados quase 2 anos atrás, pouco se falava sobre muitas das tecnologias que hoje aí estão e muita gente no Brasil, que não acompanha o mercado internacional, achava que essas tecnologias eram perda de tempo. Hoje o blog tem mais de 15 mil seguidores e vemos cada vez mais empresas usando as tecnologias e contratando Cientistas de Dados. Portanto, saiba que você está no caminho certo, pois quando empregamos paixão no que fazemos, o sucesso é apenas questão de tempo! Já estou ansioso pelo próximo post!! Abs. David Matos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Woowwwwww receber um comentário do David Matos autor do Blog Ciência e Dados não tem preço que pague.
      Muito obrigada mesmo pelas suas palavras e pelo incentivo, como eu disse meu sonho só está tornando-se realidade graças a você e seu blog e tenha certeza que estou permanecerei no primeiro grupo junto dos meus mestres da Equipe DSA.

      Curtir

  3. Assim como o David matos tem uma comunidade forte de apoio e incentivo à divulgação, às atividades desempenhadas e à carreira de cientistas de dados ou data scientists no Brasil, Procuramos através dos grupos do FB: StatJobs e Big Data Brasil, complementar informações do que acontece neste novo mundo de oportunidades de negócios e de mercado de trabalho, aos nossos membros. Ambos, já somam quase 17 mil em apenas 4 anos de crescente interesse pela área em suas mais diferentes vertentes e possibilidades. O David é um contribuidor assíduo, assim como muitos outros com suas dúvidas e anseios.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Caraca meu! Muito bom esse artigo, passei por uma situação semelhante (só que na área de desenvolvimento) a essa é aposto que tem muitas pessoas que vão ou estão passando por isso. Parabéns! Merece ser compartilhado. Sucesso para todos nós!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Oi Tabata, tudo bem? Pra você é claro por quê não fazer uma especialização em instituições presenciais( sem contar o custo muito maior)? A grade da DSA é compatível com o que o mercado exige? Seu desenvolvimento vem ocorrendo de maneira consistente?
    Alguns exemplos de cursos presenciais que andei pesquisando.

    http://www.mundomackenzie.com.br/Ci%C3%AAncia-de-Dados-(BIG-DATA-ANALYTICS)/D281

    http://www.digitalschool.com.br/faculdade/pos-graduacao/big-data

    http://www.fia.com.br/educacao/posgraduacao/Paginas/pos-big-data.aspx#

    Desculpa tanta pergunta, mas é que ainda estou na sala escura. Obrigado.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Juan, tudo bem ? Não precisa se desculpar, suas perguntas fazem todo o sentido, eu as fiz muitas vezes. Vou respondê-las uma a uma:

      1) Curso presencial: Eu sou o tipo de pessoa que não gosta muita de ficar trancada em uma sala de aula, sempre no mesmo dia da semana e hora, acho que já saturei do modelo tradicional de ensino …rsrsrs. Eu prefiro muito mais, sentar no conforto da minha casa, no dia e hora que eu quiser (incluindo domingos e feriados) e assistir as aulas do modelo EAD, no qual eu posso ver e rever as aulas quantas vezes eu quiser e não ter que depender da minha memória para lembrar o que eu professor falou. No modelo EAD você precisa sim ter muito mais disciplina, pois não tem aquele compromisso fixo num determinado dia e hora da semana, porém tem muita mais flexibilidade para quem consegue se auto-gerenciar.

      2)Custo: Sim, esse fator é muito relevante para mim, porém não foi só por esse motivo que escolhia a DSA. Pelos links mesmo que você me mandou, ficou claro que o curso da Mackenzie está mais voltado para Engenharia de Dados (Big Data, Ecossistema Hadoop, ambiente NoSQL, Arquitetura, etc. ). Já a FIA e Digital School tem uma grade curricular mais próxima da DSA. Porém, eu me pergunto: Por que pagar caro (muito caro) por um curso se eu tenho outra opção que cabe no meu bolso, é muito bem conceituada, tem como clientes grandes empresas (Banco do Brasil, IBM, Claro, Volvo, Delloite, TOTVS, Santander, etc) e tem uma grade curricular impecável ?

      3)A Grade da DSA é na minha opinião a melhor do mercado, deixo o link aqui para que você mesmo possa avaliar e comparar com as demais: (https://www.datascienceacademy.com.br/pages/formacao-cientista-de-dados) entre em cada um dos 6 cursos para ver a grade curricular completa da Formação Cientista de Dados. Além do mais a DSA fornece outros cursos complementares e também tem a Formação Inteligência Artificial, somando as 2 formações + os cursos extras a grade curricular irá superar em muito o que é oferecido no mercado hoje. Então sim, a DSA é muito superior ao que o mercado oferece a um custo benefício muito mais atraente.

      4) Sobre meu desenvolvimento: Acredito que está superando minhas expectativas e já estou até trabalhando em 2 projetos no meu trabalho.

      Espero ter respondido suas perguntas e lhe convido a visitar a DSA, faça seu cadastro gratuitamente no Portal e faça os cursos gratuitos e tire suas próprias conclusões, eu lhe garanto que irá se surpreender:
      – Big Data Fundamentos (4 horas de curso)
      – Introdução à Ciência de Dados (4 horas de curso)
      – Python Fundamentos para Análise de Dados (40 horas de curso -isso mesmo 40 horas)
      – Microsoft Power BI para Data Science (+ de 40 horas de curso Lançamento em Junho/2017)

      Abraços e espero que você saia da sala escura o mais breve possível.

      Curtir

      1. Oi Tabata!
        Valeu pela atenção e pela resposta tão completa!
        Me ajudou a ter mais clareza, além de confirmar alguns pontos que eu já pensava.
        Irei iniciar os módulos abertos para tirar a prova real em relação a minha adaptação a esse modelo de ensino.
        Desejo uma excelente trajetória e que possamos nos tornar colega de profissão em breve! rs
        Abraço.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s